sexta-feira, 28 de outubro de 2011

10 propostas para relançar a economia portuguesa.

São elas:
  • Aquisição de ouro e transferência do ouro que já detemos para local controlável - alguém sabe se ainda temos todo o ouro que se diz por aí que temos?;
  • Abandono do Euro e regresso ao Escudo e ao padrão-ouro (como, aliás, devia ser no petróleo) - Salazar não estava enganado e foi assim que salvou o Escudo;
  • Revisão da dívida portuguesa (a maioria da qual já está mais que paga) e eliminação daquela que for considerada usurária;
  • Redução da intervenção do Estado na economia, resumindo-se a funções de regulação e investindo apenas em áreas como saúde, justiça, ensino, segurança e defesa;
  • Incentivar à aquisição da dívida portuguesa por entidades 100% portuguesas;
  • Eliminação da offshore da Madeira e proibição de empresas com participações em empresas nacionais e com sede em offshores possam intervir na economia nacional;
  • Revisão do regime de responsabilidade civil e penal dos administradores de sociedades comerciais;
  • Redução da carga fiscal para singulares e pessoas colectivas - a economia serão tão estimulada e a moeda tão valorizada quanto maior for o poder de compra dos consumidores e os incentivos à implantação de empresas que produzam em Portugal e criem postos de trabalho (não é por acaso que, p.e., a Microsoft e a Google estão na Irlanda e a Estée Lauder abandonou a Madeira);
  • Protecção aos produtos e serviços nacionais;
  • Aposta na lusofonia.

Sem comentários: